quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Chupeta ERA UMA VEZ em Látex

Ando que nem louca á procura da chupeta da colecção Era uma vez com o desenho da Carochinha e nada...
Nunca encontro o tamanho para a minha bebé se alguém vir o tam.2 pela zona de Lisboa,avise-me...

unff


Chupeta ERA UMA VEZ em Látex

sábado, 18 de agosto de 2012

Roupa de bebé

Roupa usada em bom estado de bebé a partir de 0.50€. (AS FOTOS QUE AINDA NÃO TÊM INFORMAÇÃO SERÃO ATUALIZADAS ASSIM QUE POSSIVEL)
As roupas serão todas entregues em mãos na zona da Amadora ou Lisboa num local a combinar, de forma a proceder-se a troca e de verificar as peças. Aos interessados peço que enviem um email para: nadja_cs@hotmail.com,  a indentificar as peças que pretende. Os preços poderão ser negociáveis a quem adquirir mais do que uma peça (não válida ás que já estiverem marcadas a 0.50€)


Boné Prénatal... foto lateral

Boné frente...tamanho 12 meses Preço: 3€






0.50€

Os dois pares por 0.50€ tamanho 9 meses

Collant tamanaho 6 meses...Preço 3.5€


Mayoral, collant novas, nunca usadas, tamanho 6 meses...Preço: 4.5€

Pormenor da foto acima


Pantufas tipo tenis da Domyo, tam. 20- Preço- 2.5€ (RESERVADO)

Vestido da Prénatal, aberto na frente para usar com calções ou legging, tam 12 meses Preço- 3.5€ (RESERVADO)
Vestido da Orchestra Tam 6 meses Preço- 5€

Vestido feito por uma costureira. tam-3-9meses (depende de como quer que o vestido fique) tem atilhos para ajustar na barriga. Preço- 5€

Pormenor do vestido acima.


Camisola com bolas estampadas, pormenor em baixo. Marca: Orchestra. tam 6 meses 67cm como nova. Preço: 2.50€


Em muito bom estado usado duas vezes Marca: Primark, tam 6-9 meses 68cm Preço: 1€




Vestido tam.56cm Preço: 3€


Calças Mayoral Chic Tam. 6 meses Preço: 3€

Verso das calças acima

Camisola em pérola da Caracol Tam. 3 meses. 3€

Vestido da Laranjinha estampado com pequenas rosas vermelhas. Tam 3 meses Preço: 10€

Vestido de ganga da Mayoral 2-4 meses altura regulável Preço: 7€



Camisola rosa da Mayoral Chic Tam-6 meses Impecável Preço: 3.50€

A foto está desfocada mas caso interesse envio fotos pormenor. Conjunto da Zippy tam- 3-6 meses Preço: 1.50



Camisola tam- 6-9meses Preço: 1.50€





Conjunto gorro e botinhas de algodão, para recém nascido, nunca foi usado Preço: 3€

Conjunto calça + casaco azul claro Tam. 6-9 meses Preço 5€ (RESERVADO)

Calça lilás tam. 3-6 meses Preço: 2€



Calça rosa claro tam. 3-6 meses Preço: 2€

Bodie da Chicco em rosa claro Tam.6 meses 62cm  Preço: 0.50€

Casaco cor de rosa claro, em muito bom estado tam.2 mas serve a um bebé de 1 ano Preço: 3€ (REVERVADO)

Em muito bom estado da New Born da Mayoral, tam. 4-6 meses 68 cm Preço: 3€

domingo, 3 de junho de 2012

Promoção relampago da Oriflame


 Como revendedora sou suspeita mas não resisto em divulgar esta promoção, já fiz a minha lista pessoal. Agora é a vossa vez e aproveitarem antes que os produtos esgotem.

Fiquem com alguns exemplos de produtos em promoção.






Espreitem aqui!

sábado, 2 de junho de 2012

Workshop Bioderma

No passado dia 25 de Maio, sexta-feira, realizou-se no Hotel Sana em Lisboa, o workshop da Bioderma.
Infelizmente não me foi possivel assistir do ínicio, mas digo-vos que o pouco tempo valeu a pena e deixou-me bastante satisfeita. A explicação dos produtos, os seus componentes e fundamentalmente para o que servem tiraram qualquer dúvida que ainda me restava.
Todos os presentes tiveram ainda de experimentar uma vasta gama de produtos, eu incluída.
Eu não conhecia os produtos e fiquei a adora-los. Como tenho uma pele bastante sensivel tenho de tomar precauções extra com os produtos de cuidados de rosto que adquiro.

Para além da sessão de esclarecimento de qualquer dúvida que ainda tivesse restado, ou o nome de algum produto especifico para cada caso presente, tivemos também direito a um mimo da Bioderma, um saco que continha, amostras, descontos e uma pequena lancheira para a praia.

Os produtos que tenho experimentado, têm surtido resultados incriveis, sinto a minha pele muito mais saúdavel, as manchas vermelhas que me surgiram com o sol, começam a desaparecer. Tenho usado mais a gama Photoderm, mais indicada para esta época do ano, adoro o facto de existir a possibilidade de adquirir produtos faciais com a protecção máxima.




 (Estava com a esperanças que as fotos tiradas no workshop fossem postadas no facebook da marca, mas até agora nada. Talvez para uma próxima me lembre de carregar a máquina fotográfica =/ )

sábado, 19 de maio de 2012

Resultado do passatempo Favoritos 1

Após o grande atraso para sair os resultados lá consegui, aceder á net, lenta, lentinha...versão slow motion caracol. Portanto não vou conseguir submeter a foto vencedora, mas digo-vos que a tarefa de escolher foi dificil pois havia fotos mesmo muito lindas.
Parabéns a todas as mamãs!


Sem mais demoras...tcham tcham tchammm

A vencedora é: Vanessa Nunes.

Irei entrar em contacto com a Vanessa via email, caso não responder até dia 21 de Maio irei contactar com a dona da minha segunda foto favorita.

Obrigada a todas as que participaram neste passatempo. E relembro que existe outro passatempo que ainda está a decorrer aqui no blog =)

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Truques e dicas de beleza

Novo blog que visa a dar a conhecer os produtos da Yves-Rocher e não só. Com possibilidade de reviews, truques e dicas de maquilhagens, de cuidados de pele, corpo e cabelo. Um espaço aberto a parcerias, onde as leitoras podem também enviar as suas dicas e perguntas.

Fica a sugestão:

Be (of) Beauty

terça-feira, 24 de abril de 2012

O salvador dos meus pés

Desde os 5 meses de gestação que deixei de usar sapatos de salto alto, opção: sabrinas e tenís e mais tenis =(
E agora não é muito diferente, inverno...carregar com o carrinho escada acima e escada abaixo com a miuda, tive de meter para os proximos tempos a minha colecção de sapatos de parte =/

Já se sabe o que acontece quando transpiramos muito dos pés e de ténis, pois é, vem aquele cheiro caracteristo do queijo da serra. Coisa muito pouco agradavel, mas que felizmente já arranjei uma solução.

E aqui está ela =)



Poderão encontrar esta pequena maravilha em qualquer catálogo da Yves-Rocher.


Truques para melhores resultados:
1- Usar sempre meias 100% algodão (ou que tenham uma grande percentagem de algodão)
2- Antes de começar a usar este creme deve lavar os tenis e deixa-los secar muito bem.
3- Foliar os pés 1 a 2 vezes por semana...existe também na Yves-Rocher e Avon bons cremes esfoliantes.
4- Após o banho limpar muito bem os pés e meter o desodorisante de lavanda.

Ao meter o creme vai sentir o cheiro fresco da lavanda, aliás os pés ficam mesmo frescos.


Recomendo vivamente, como vêem na foto o meu já tá a meio...já vou ter de me abastecer novamente =)




sexta-feira, 20 de abril de 2012

Chucha... até quando?



Ao fim de pesquisas e de observar a minha mais que tudo...eis a minha conclusão:

- O acto de mamar já vem desde a barriga da mãe, daí muitas ecografias apanharem o bebé a chuchar no dedo, como tal quando nascem a situação não muda muito no toca a este aspecto. Quando o bebé se alimenta através da mama da mãe é muito mais que um ato de alimentação, é uma forma de ligação entre mãe e filho, além de que este ato transmite paz e segurança ao bebé.

- Ponto isto, é normal que o nosso bebé chuche em tudo o que lhe vier á mão, dedo, mão, na orelha do coelhinho de peluche, na mantinha, etc. Nalguns casos, quando os bebés têm uma necessidade de sucção exagerada, a chucha é recomendada de modo a evitar que mamem em demasia.

- Bebés que apresentam problemas de flacidez da musculatura da boca ou da língua, a chucha obriga-os a exercitar estes músculos, fortalecendo-os como uma verdadeira fisioterapia.

- Uma regra simples passa por retirar a chucha assim que o objectivo for atingido, ou seja, quando o bebé se acalma, quer esteja a dormir ou não. Importante é também não deixar a chucha ao alcance do bebé, pois ele, mal tenha coordenação motora suficiente, será tentado a mantê-la permanentemente na boca. E durante o processo de aprendizagem da fala deverá tirar a chucha sempre que a criança queira exprimir-se, para que não desenvolva posturas erradas da língua ao pronunciar as palavras.

- Há pediatras que só aconselham a chucha até aos seis meses, equacionando o risco ainda não comprovado de que a partir dessa idade a chucha pode causar otites. Isto porque se suspeita que a chucha esteja relacionada com alterações no equilíbrio da pressão entre a cavidade do ouvido e do nariz, o que debilitaria o funcionamento das trompas da Eustáquio.

- E, tal como na hora de deixar as fraldas, a criança não deve ser pressionada nem criticada se falhar o processo de aprendizagem. Não há um método para deixar de chuchar, normalmente os pais seguem o processo de tentativa e erro, que é a base da aprendizagem. O que é preciso é tempo e atenção. Dependendo da idade, pode ser a própria criança a decidir despojar-se da chucha, naturalmente, sem negociações e sem perturbações posteriores. Mas muitas vezes a dependência está instalada e só a ideia de perder aquela fonte de tanto prazer é destabilizadora, gerando tensão e ansiedade. Nesses casos, há que caminhar passo a passo, limitando progressivamente o uso da chucha, restringindo-o, por exemplo, ao acto de dormir e encontrando outras fórmulas para contornar os momentos de agitação. Este é um processo facilitado para os pais cujos filhos frequentam infantários, já que as educadoras também assumem como sua tarefa o adeus à chucha. E depois há pais que nunca tiveram estas dúvidas, pais cujos bebés nunca manifestaram o menor interesse pela chucha.

Alguns conselhos: 

- se optar pela chucha, não a passe em açúcar, mel ou doces, pois potenciam as cólicas e as cáries - use apenas chuchas ortodônticas e adequadas à idade - evite pendurar cordões ou fraldas de pano na chucha, pois o peso deforma a arcada dentária.

 - lave e ferva a chucha com frequência, pois a boca é a maior porta de entrada de infecções no corpo humano - o aro, quase sempre de plástico, deve acompanhar a curvatura da face do bebé para um fechamento labial mais adequado e deve ter orifícios para ventilação lateral.

- não ofereça a chucha ao bebé ao primeiro sinal de choro.
- não a use para satisfazer todas as necessidades do bebé, senão ele próprio verá na chucha a solução para todos os seus problemas.
- antes de dar a chucha, procure descobrir qual a origem da agitação: se o bebé tiver fome, dê-lhe comer, se tiver sono adormeça-o.
- tenha mais do que uma chucha, para que o bebé não crie uma relação de dependência com aquela chucha.
- não retire a chucha numa fase de alterações de outros hábitos, pois aumenta a insegurança.
- não humilhe a criança nem a faça sentir-se diminuída por usar chucha, nem a compare com outras crianças que já não usem, em vez disso, apele ao lado bondoso da criança, diga que vão dar a chucha a um bebé que não tem, ou dar ao Pai Natal ou Coelhinho da Páscoa.


As minhas recomendações: 

Chuchas ortodônticas

Esta é da marca Nuk.
Como já devem ter percebido a minha marca favorita no que toca a chuchas e biberons é a Nuk. Chuchas de outras marcas a minha filha não tem e biberons só tem 2 da Chicco, o resto é tudo Nuk.


Porta chuchas da marca Chicco

Este porta chuchas é muito útil, a Leonor adora atirar com as chuchas ao chão e assim tenho sempre duas guardadas de reserva. Existe este porta chuchas em laranja e vermelho (é o que tenho cá em casa).

Estes produtos podem ser encontrados na Prénatal, Zippy e nas farmácias (se bem que nem todas têm a marca Nuk).
Podem sempre fazer as encomendas on-line. =)


Ensinar o bebé a largar a fralda

   


As fraldas acompanham os primeiros meses de vida do bebé. Por não saber controlar os músculos que regulam a saída do cocó e xixi, a criança precisa do auxílio da fralda durante as 24horas do dia. Mas esta situação não pode durar para sempre.  Pouco a pouco, o bebé começa a perceber que é capaz de controlar certas funções do organismo - entre elas, a do esfíncter. Cabe aos pais manter a atenção e ficar de olho neste amadurecimento do pequenino.
   Pois é exatamente neste período que devem começar a ensinar o bebé a abandonar as fraldas, introduzindo informações sobre o penico e a sanita, sempre sem deixar transparecer qualquer tom de obrigação.
 
   Mas é aí que os pais se perguntam: "Normalmente, qual é a idade em que criança pode começar a receber ensinamentos para largar de vez a fralda?"
   Cada criança tem o seu "tempo". Respeite-o!
   Assim como cada criança tem suas próprias características físicas e personalidade individual, é natural que cada uma tenha um ritmo diferente de desenvolvimento e amadurecimento.
 
   Sendo assim, o que costuma valer para algumas mamãs, não deve ser levado em conta por outras. Enquanto um bebé pode mostrar um certo controle sobre o ato de fazer cocó e xixi por volta dos 18 meses, por exemplo, outro pode demorar mais.
 
   Isso é perfeitamente normal, e deve ser respeitado pelos pais. Ao ensinar a criança a usar a sanita ou o penico, os pais devem ter em mente que o mais importante é tratar o assunto de forma natural, sem demonstrar irritação ou impaciência.


   

 
   
   Eu sou o penico. Muito prazer!

 
   Normalmente depois dos dois anos, e principalmente depois que seu filho começar a dar sinais de que pode controlar os músculos de seu corpo - como por exemplo avisar que fez cocó -, você deve "apresentar" o penico ou o vaso sanitário a ele.
 
   Explique para o que eles servem, mas sem a preocupação de querer que ele use-os de imediato. Se optar pelo uso da sanita, não esqueça de que é importante comprar um assento que se adapte à estrutura física da criança. Assim, ela vai se sentir confortável e segura.
 
   Coloque a criança sentada em um dos objetos, com roupa mesmo, apenas para que ela veja como é. Se quiser, você também pode encenar o movimento, sentando-se e mostrando como é fácil.



 
   O passo seguinte
 
   Depois deste verdadeiro "ritual de iniciação", sugira a seu bebé uma ida á casa de banho (o ideal é que você repare nos horários em que ele costumava sujar a fralda), sempre acompanhando-o.
 
   Espere no máximo 10 minutos, sempre tentando não deixá-lo impaciente. Caso não aconteça nada, não fique nervoso. É natural e faz parte da aprendizagem. Deixe-o voltar aos afazeres e brincadeiras, mas repita a tentativa mais tarde.
 
   Passo a passo, ida a ida ao wc, será um ato normal. Pergunte ao longo do dia se tem vontade de fazer xixi ou cocó, sempre que a criança faça alguma destas necessidades no penico ou sanita faça uma grande festa…dê-lhe os parabéns, o seu filhote vai ficar orgulhoso de si mesmo e irá querer repetir a dose.
 
   Em caso de dúvidas, converse com seu pediatra. Ele é a pessoa indicada para responder todas as suas perguntas.
   

   (Fonte: Johnson & Johnson )Adaptado por Nadia Santos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...